Asfalto

Topo
Asfalto

Asfalto

Sopa de Letras celebra dez anos de graffiti oldschool na Zona Norte

Sté Reis

25/09/2019 19h55

Foto da lenda da fotografia de graffiti, Martha Cooper, durante passagem pela praça

Evento realizado pela ZN Lovers Crew, coletivo de artistas de rua de Santana, o projeto Sopa de Letras existe há dez anos para celebrar a comunidade artística na Zona Norte que preza pelo graffiti feito no fim dos anos 90 e os estilos conhecidos como "Ratolândia" ou "Sopa de Letrinhas". Todos os anos eles pintam os graffitis da Praça Margarida de Abulquerque Menezes e refazem as artes com uma grande festa da cultura hip hop.  

Durante os dois dias de encontro, que acontecem neste sábado e domingo, o evento receberá oficinas de stickers, som dos DJs Caique TrêsFs, Julio Cesar Martins, Rasec, Luiz Egidio, Nicacio, Mariana Mats, R3brkz e SubVertentes High Sound. Com a proposta de promover a revitalização de espaços urbanos abandonados retratando um movimento cultural local, esta edição terá como homenageado o artista ISE (Ise Vlok). Ele e cerca de 80 grafiteiros vão fazer um live painting do mural da praça.

Praça totalmente coberta de graffiti (Madeira | Photo)

Sopa de Letras
Data: 28 e 29 DE SETEMBRO (Sábado e Domingo)
Horário: 10:00 às 20:00
Onde: Praça Margarida de Abulquerque Menezes
Evento no Facebook

Sobre a autora

Nascida e criada na periferia de São Paulo, Sté Reis estudou Jornalismo na São Judas e desde então escreve sobre sua relação com as ruas da capital. Se especializou em cultura underground, música e feminismo, foi repórter em UOL Entretenimento e tem textos publicados no Zona Punk, Youpix, Brainstorm9, Deepbeep, Rolling Stone, MTV e Facebook Brasil. É assistente de conteúdo do DJ Marky, do rapper Projota, e compartilha seus achados no Malaguetas, há mais de dez anos no ar.

Sobre o blog

Histórias de quem ocupa a cidade e dicas de intervenções urbanas, música, cultura pop e esportes de rua para quem encara o asfalto de São Paulo e busca novas formas de viver a capital.