Asfalto

Topo
Asfalto

Asfalto

Exposição "Visão Concreta" mostra a trajetória do skate BR desde os anos 70

Sté Reis

22/08/2019 21h55

Chorão em registro de Shin Shikuma é um dos clássicos de Santos expostos na Matilha Cultural

Com curadoria de Fabio Bitão, a exposição "Visão Concreta" reúne imagens históricas do início da cultura skateboard no Brasil. A linha do tempo começa nos anos 70 e reúne mais de 60 fotografias nas paredes da Matilha Cultural, um mural histórico que faz jus aos maiores fotógrafos e momentos da cena no Brasil.

Entre os convidados estão Cesinha Chaves (ex-Realce da TV Record, ex-SporTV), Fábio Bolota (Revista Tribo) e Shin Shikuma que leva trabalhos inéditos representando as décadas de 70 e 80, inclusive fotos das primeiras sessões do Chorão (Charlie Brown Jr.). Para representar os anos 90, Ivan Shupikov (Lá Em Casa), Bitão, Flávio Samelo (Pela Rua do Canal OFF, Revista Vista) e os recentes anos 2000 pelas lentes de Allan Carvalho (Cemporcentoskate), Heverton Ribeiro (Cold Skateboard), Pablo Vaz e Caetano Oliveira (ex-Black Media).

Registro de Fábio Bitão em São Paulo, nos anos 70

A exposição fica aberta até 14 de setembro e terá visitas guiadas pelos fotógrafos, workshops, shows e exibição de documentários no Cine Matilha. "Re:Board – Um resgate histórico da Skate Arte brasileira", dirigido por Sesper (vocalista do Garage Fuzz), terá duas sessões. A galeria ainda exibe os vídeos de Murilo Romão e o projeto Flanantes, além de oficina de shape reciclado com a Experimental Skate Art.

Ricardo Dexter, mandando um wallride e representando os anos 2000, em foto de Pablo Vaz

Bitão (Skate no Quintal, atualmente no Canal OFF) já expôs suas sessões fotográficas em galerias por todo o Brasil, além de Los Angeles, São Francisco e Tóquio. Para a exposição, também convidou artistas plásticos que apresentam obras específicas sobre o movimento: Tinho (grafiteiro), Felipe Motta (designer de shapes) e Silvana Mello, que faz bordados com referências à cultura. Para o encerramento, uma série de obstáculos vão ser instalados no meio da galeria com premiação de best trick.

Considerando que o skate chega a um de seus maiores momentos no Brasil em 2019, a exposição é um resgate histórico para conhecer em profundidade e conversar com a galera que viveu os altos e baixos da cena e seu início em São Paulo. Busquem conhecimento.

Programação Completa

24 de agosto, às 15h || Bitão e Flávio Samelo fazem visita guiada pela exposição

31 de agosto, às 15h || Oficina de shape reciclado da Experimental Skate Art

7 de setembro, às 15h || Disputa de melhor manobra 'Cash for Trick' em um obstáculo instalado no local.

Cine Matilha

14 e 17 de agosto, às 16h, 17h || Exibição de "Flanantes", projeto independentes do skatista Murilo Romão

21 e 24 de agosto,  às 16h, 17h || Exibição de vídeos clássicos do skate

28 e 31 de agosto, às 16h, 17h || "Re:Board – Um resgate histórico da Skate Arte brasileira"

Serviço

"Visão Concreta" ocupa Matilha Cultural
Onde: Rua Rego Freitas, 542 – República, São Paulo, SP
Quando: Até 14 de setembro
Horários: ter. a sab. das 12h às 22h; dom. das 10h às 20h
Entrada Colaborativa

 

Sobre a autora

Nascida e criada na periferia de São Paulo, Sté Reis estudou Jornalismo na São Judas e desde então escreve sobre sua relação com as ruas da capital. Se especializou em cultura underground, música e feminismo, foi repórter em UOL Entretenimento e tem textos publicados no Zona Punk, Youpix, Brainstorm9, Deepbeep, Rolling Stone, MTV e Facebook Brasil. É assistente de conteúdo do DJ Marky, do rapper Projota, e compartilha seus achados no Malaguetas, há mais de dez anos no ar.

Sobre o blog

Histórias de quem ocupa a cidade e dicas de intervenções urbanas, música, cultura pop e esportes de rua para quem encara o asfalto de São Paulo e busca novas formas de viver a capital.