menu
Topo
Asfalto

Asfalto

Categorias

Histórico

Matilha lança mixtape com Criolo e Black Alien para comemorar 10 anos

Sté Reis

15/02/2019 14h15

Em 2019, a Matilha Cultural, um dos principais pólos de cultura independente no centro de São Paulo, celebra 10 anos de existência. Para comemorar, o Selo Matilha lança nesta sexta (15) a "Mixtape Vol.2" com grandes nomes do hip hop nacional mandando o papo reto sobre temas urgentes e que retratam a vivência nas ruas da cidade.

Entre os destaques, "Demarcação Já – Terra Ar Mar", faixa protesto de Criolo e do rapper de origem guarani Werá Jeguaka Mirim, de 16 anos. Tem ainda "Más Notícias", do grupo de rap goiano Atentado Napalm, "Sem Tempo Ruim pra Fechar o Tempo" do Black Alien, "Aqui é Hip Hop", do MC Jack e "Eu Quero Essa Life", do Flow MC, as duas últimas já salvas entre as minhas favoritas. "Noite Louca", da Família Madá, mesmo com 10 anos de estrada, representa uma vertente mais jovem, misturando rap, samba, jazz, soul e funk a uma pegada mais trap.  

Mr. Bomba assina a Mixtape Vol.2 com Zulu (Fabio Bitão / Divulgação)

Entre os clássicos, a mixtape também apresenta "Os Bons Parceiros" do Sandrão do RZO e "Se Perguntar de Mim", do lendário grupo SP Funk, de Mr. Bomba, que já produziu Sabotage e Kamau e comanda a curadoria da Mixtape com William Gil (aka Zulu). Sentiu falta das manas nessa mixtape? Tá certo. A Matilha já adiantou que no segundo semestre vem uma terceira coletânea do selo só com artistas notáveis no cenário, a "Mixtape das Minas". Já estou super ansiosa por essa parte da celebração.

Vale avisar que em março rola lançamento do vinil, evento aberto ao público para audição, discussões e festa. É só ficar de olho no Facebook e Instagram deles pra não perder o rolê. E fica a dica que o cinema da Matilha tem filmes ótimos rolando e exposições recorrentes, se estiver pelo centro, não deixe de passar por lá.

TRACKLIST (OUÇA AGORA)

1- "Demarcação Já – Terra Ar Mar"
Criolo e Werá Jeguaka Mirim

2- "Casa de Marimbondo"
Britrinho e Neg

3- "Aqui É Hip Hop"
MC Jack

4- "História de Um Menino"
Dada Yute

5- "Eu Quero Essa Life"
Flow MC

6- "Mwana Djino"
Erick Kalonji e Jean Arka – Refugiados do Congo

7- "Noite Louca"
Família Madá

8- "Más Notícias"
Atentado Napalm

9- "Sem Tempo Ruim pra Fechar o Tempo"
Black Alien

10- "A Arte Reflete a Vida"
Rapadura

11- "Uma Gota D`Água"
Sombra

12- "E Agora Irmão"
Adriana Pereira e Marcelo Miranda

13- "Os Bons Parceiros"
Sandrão feat. Sombra e Mr Bomba

14- "Se Perguntar de Mim"
SP Funk

15- "Yan Selele"
Refugiados do Congo

Sobre a autora

Nascida e criada na periferia de São Paulo, Sté Reis estudou Jornalismo na São Judas e desde então escreve sobre sua relação com as ruas da capital. Se especializou em cultura underground, música e feminismo, foi repórter em UOL Entretenimento e tem textos publicados no Zona Punk, Youpix, Brainstorm9, Deepbeep, Rolling Stone, MTV e Facebook Brasil. É assistente de conteúdo do DJ Marky, do rapper Projota, e compartilha seus achados no Malaguetas, há mais de dez anos no ar.

Sobre o blog

Histórias de quem ocupa a cidade e dicas de intervenções urbanas, música, cultura pop e esportes de rua para quem encara o asfalto de São Paulo e busca novas formas de viver a capital.